Últimos Posts

quarta-feira, 17 de maio de 2017

13/05 - Jo 14,7-14

13 de Maio de 2017


evandia

João 14,7-14

            “Se me conhecestes, conhecereis também o meu Pai. Desde já o conheceis e o tendes visto”. Filipe disse: “Senhor, mostra-nos o Pai, isso nos basta”. Jesus respondeu: “Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me conheces? Quem me viu, tem visto o Pai. Como é que tu dizes: ‘Mostra-nos o Pai’? Não acreditas que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo; é o Pai que, permanecendo em mim, realiza as suas obras. Crede-me: eu estou no Pai e o Pai está em mim. Crede, ao menos, por causa destas obras. “Em verdade, em verdade, vos digo: quem crê em mim fará as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas. Pois eu vou para o Pai. E o que pedirdes em meu nome, eu o farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes algo em meu nome, eu o farei”.




            Entendendo


“EU ESTOU NO PAI E O PAI ESTÁ EM MIM”

As palavras e gestos de Jesus foram sempre referidos ao Pai. A consciência de ser o Filho enviado estava sempre presente em tudo que fazia. Ele tinha consciência de que, após cumprida a missão, voltaria para junto do seu Pai. Sendo assim, o Filho divino pode ser considerado a transparência do Pai. Quem o conhece, conhece o Pai.

O Pai não é Jesus. E Jesus não é o Pai. As palavras Dele não deixam dúvidas.
Apesar disto, devido à perfeita união dos dois, Ele foi capaz de afirmar o seguinte: "Quem me vê, vê o Pai". Da contemplação da vida de Jesus, é possível chegar a compreender quais são as pautas da ação de Deus, ou seja, a maneira como Ele se relaciona com os seres humanos, e o que espera deles.

Respondendo a Tomé que era o caminho, a verdade e a vida, Ele revela que não é preciso ir longe para encontrar Deus. Ele é o caminho que nos conduz até o Pai.




Atualizando


PAPA FRANCISCO PEDE
UNIÃO PARA SUPERAR A DIVISÃO MUNDIAL

O futuro é feito por vocês, é feito de encontros, porque a vida flui através das relações com outras pessoas. A existência de cada um está profundamente ligada a dos outros: a vida não é apenas o tempo passando, a vida é feita de interações.

O futuro da humanidade não está exclusivamente nas mãos dos políticos, dos grandes líderes, das grandes empresas. Eles têm uma responsabilidade enorme. Mas o futuro está, em sua maioria, nas mãos das pessoas que reconhecem as outras como 'você' e elas mesmas como parte de um 'nós'.

Papa Francisco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguir por E-mail